21 dezembro 2007

0016 - Patrimónios da Semana 06 (Fuinhas)



"O govêrno da Ditadura beneficiou-a em 1934 com um magnífico edifício escolar" (Pinheiro Marques, 1938)

Esta é a referência que Pinheiro Marques faz, no seu Terras de Algodres, à escola primária das Fuinhas. Trata-se, de facto, de um belo exemplar da arquitectura modernista do Estado Novo aplicada aos edifícios escolares que foram sendo construídos por esse país fora. Num momento em que muitas escolas primárias fecham por estarem sem alunos e em que muitos destes edifícios são vendidos, queremos aqui lembrar que eles fazem hoje parte do património arquitectónico português da primeira metade do século XX. Merecem, pois, a nossa atenção e cuidado. Como o da imagem.

2 comentários:

Amaral disse...

Caríssimos
Digam o que disserem o edifício é mesmo bonito. Engraçado o nome da terra, que eu conheço, Fuinhas. Quem os de hoje ou de outros tempos?.
Abraço

al cardoso disse...

E de facto um dos mais bonitos edificios escolares do nosso concelho, que pena nas nossas aldeias nao haver criancas para os encher!!!

Para complementar quero informar que esta freguesia que presentemente tem o toponimo de "Fuinhas" no seculo XVI tinha o de "Funha" e era compostas pelas seguinte pequenas aldeias: Casas, Santo, Igreja e Corugeira, as tres primeiras actualmente sao hoje uma so aldeia chamada "Fuinhas" e a Corugeira, encontra-se separada por pequena distancia.